Novo Degase

Notícias

  • Representante do governo federal realiza reunião com gestores e visita unidades do Degase

    27/03/2019

    Por Ascom Degase

    Na manhã desta terça-feira (26/03), o diretor de Enfrentamento de Violações aos Direitos da Criança e do Adolescente da Secretaria Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente (SNDCA) e delegado da Polícia Federal (PF), Dr. Clayton da Silva Bezerra, foi recebido no Departamento Geral de Ações Socioeducativas para uma reunião com o diretor geral do Degase, André Monteiro, e o subdiretor, Leandro Torres. Na sequência, os gestores realizaram uma visita in loco por unidades socioeducativas do complexo da Ilha do Governador. 

    Na ocasião, o representante da SNDCA, que é vinculada à pasta dos Direitos Humanos no governo brasileiro, conheceu os Centros de Socioeducação Dom Bosco e Professor Antônio Carlos Gomes da Costa, respectivamente unidades de internação e internação provisória masculina e feminina. A visita contemplou os alojamentos, áreas de atendimento médico/técnico das unidades, berçário, salas de oficinas como a do Projeto Lego e o Colégio Estadual Padre Carlos Leôncio da Silva, que funciona no Cense Dom Bosco.

    Segundo o diretor e delegado da PF, o objetivo da visita é apoiar iniciativas e ações realizadas na área socioeducativa e promover a articulação entre diversos órgãos para fortalecer o sistema de garantia de direitos de crianças e adolescentes no Estado:

    - Queremos trazer um olhar transversal para as crianças e adolescentes, não só para os que estão internados. No sistema socioeducativo, nosso principal objetivo é fortalecer as ações de educação, de saúde e de capacitação dos adolescentes, para que quando ele termine de cumprir a medida não retorne para o mundo do crime e repita o círculo que a gente muitas vezes sabe que acontece – explicou o Dr. Clayton Bezerra.

    O Rio de Janeiro foi a primeira cidade escolhida para dar início às visitas da Diretoria vinculada à SNDCA, Secretaria que também coordena a política nacional de convivência familiar e comunitária; o Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase); o Programa de Proteção de Adolescentes Ameaçados de Morte e as ações de prevenção e de enfrentamento do abuso e da exploração sexual, sendo este último tema uma das áreas de atuação do Dr. Clayton Bezerra na qualidade de delegado federal.

    - A primeira impressão que tive das unidades foi muito boa. Nós sabemos de todas as dificuldades que o Departamento enfrenta com a superlotação e entendemos que isso altera a lógica de como a unidade deveria funcionar, mas o que vi hoje aqui foi o trabalho sendo feito – completou o diretor de Enfrentamento de Violações aos Direitos da Criança e do Adolescente da SNDCA.


    Voltar

  • Revista AÚ
Tecnologia: PRODERJ - Todos os direitos reservados