Novo Degase

Notícias

  • TV Degase e o Na Pista são premiados pelo Desafio Criativos da Escola 2018

    14/11/2018

    Por Ascom Degase e Criativos da Escola

    A TV Degase, que oferece dentro do sistema socioeducativo do Rio a oportunidade de jovens que estão cumprindo medida socioeducativa conhecerem e trabalharem com câmeras, textos e TV, e o Na Pista, sua continuação fora do sistema, foram premiados esta semana, junto com mais dez iniciativas, no Desafio Criativos da Escola 2018.

    O Desafio Criativos da Escola celebra e premia projetos protagonizados por crianças e jovens de todo o país que, apoiados por seus educadores e educadoras, estão transformando suas escolas, comunidades e municípios. Em 2018, foram inscritos 1654 projetos enviados de todos os estados do Brasil.

    Podem se inscrever estudantes (que estejam no Ensino Fundamental I e II ou Ensino Médio) e/ou educadores de todos os municípios do país e que desenvolvam projetos em escolas públicas, privadas, organizações não-governamentais, coletivos, movimentos, associações comunitárias, entre outros.

    O idealizador e coordenador da TV Degase e do Na Pista, Eduardo Caon, comenta sobre o prêmio.

    - Chegamos ao nosso sexto prêmio desde que começamos, em 2010. Os dois mil reais do prêmio serão revertidos em equipamentos, as nossas páginas (instagram, facebook etc.) são cada vez mais vistas, consequentemente os pedidos para trabalhos também aumentam, o que gera renda para eles. Mais do que dar cidadania por meio de pessoas boas e bons projetos é capacitá-los a ganhar seu próprio dinheiro gravando vídeos em festas, eventos, enfim, inserindo-os no mercado de trabalho.  

    Caon também faz questão de ressaltar a importância do Degase estar inserido dentro da Secretaria de Educação.

    - Esse prêmio reconhece como foi certo colocar a socioeducação dentro da Secretaria de Educação. A presença desses dois colégios estaduais que instruíram os dois jovens que chegaram ao Na Pista, uma já egressa e o rapaz que ainda está em semiliberdade, mostra bem isso – argumenta o coordenador.

    No total, a TV Degase e o Na Pista concorreram entre 1654 trabalhos. No Degase, participaram alunos do Colégio Estadual Candeia, que funciona dentro da Escola João Luiz Alves, unidade de internação masculina na Ilha do Governador, e o Colégio Estadual Luíza Mahin, do Cense Professor Antônio Carlos Gomes da Costa, unidade de internação feminina, também na Ilha do Governador.

    O Criativos da Escola encoraja crianças e jovens a transformarem suas realidades, reconhecendo-os como protagonistas de suas próprias histórias de mudança. O protagonismo, a empatia, a criatividade e o trabalho em equipe são os pilares centrais deste projeto que busca envolver e estimular educandos e educadores de diferentes áreas no engajamento e na atuação em suas comunidades.

    A iniciativa faz parte do Design for Change, movimento global que surgiu na Índia e está presente em 65 países, inspirando mais de 2,2 milhões de crianças e jovens ao redor do mundo.

    Há iniciativas de Campo Bom (RS) a Palmas (TO), de Brasilândia (MS) a Senador Pompeu (CE), de São Paulo (SP) a Canindé de São Francisco (SE), do Rio de Janeiro (RJ) a Vila Rica (MT), de Pindoretama (CE) a Sumaré (SP) passando por São Miguel das Matas (BA). Estas são as 11 cidades de onde vieram as iniciativas selecionadas entre as 1654 ações inscritas na edição deste ano.

    Além de receberem prêmios em dinheiro, as equipes enviarão três estudantes e um educador ou educadora de cada uma das 11 iniciativas para uma vivência em Fortaleza (CE), onde poderão trocar experiências e fortalecer seus projetos. A celebração pública do Desafio 2018 será realizada no dia 4 de dezembro na capital cearense e terá transmissão ao vivo pelo canal de YouTube do Criativos da Escola.

    De nove estados e das cinco regiões do país, os projetos abordam temas diversos que trazem respostas a problemas sentidos pelos jovens nas suas realidades. As ações transformadoras valorizam a diversidade e a identidade dos estudantes na construção de uma escola mais conectada à comunidade.

    Entre os critérios de análise e seleção dos projetos pelo júri estão: o potencial de transformação social das ações realizadas e o quanto a iniciativa contribuiu para o desenvolvimento da empatia, colaboração, criatividade e protagonismo dos estudantes.

    Clique aqui e conheça o projeto “A TV Degase e o Na Pista”


    Voltar

  • Revista AÚ
Tecnologia: PRODERJ - Todos os direitos reservados