Novo Degase

Notícias

  • Coordenação Regional do Sul Fluminense realiza novas ações com parceiros

    28/08/2017

    Por Ascom Degase

    Na última quarta-feira (23/08), os adolescentes que cumprem medidas socioeducativas de semiliberdade nos Centros de Recursos Integrados de Atendimento ao Adolescente (Criaads) de Volta Redonda e Barra Mansa participaram do Festival de Inverno 2017, realizado no Centro Cultural da Fundação CSN.

    O evento, um festival de arte, cultura e educação, que esse ano abordou o tema Diversidade Cultural, teve uma intensa programação de palestras, rodas de conversa, exposições, oficinas de interpretação, desenho, dança, xadrez, harmonia e arranjo musical, além de batalhas de rap. Um dos pontos altos do evento, segundo os organizadores, foi o lançamento do livro da escritora Maria Vilani, mãe do rapper Criolo. De acordo com Erlon Couto, da Coordenação Regional do Sul Fluminense do Novo Degase, esse foi um momento que valorizou muito a convivência social fora da unidade socioeducativa.

    - Ao todo, foram mobilizados mais de 30 adolescentes de ambos os Criaads para este evento, que foi uma verdadeira maratona cultural. Os meninos puderam participar de um grande processo de aprendizagem num ambiente externo de muito saber e que traz a eles novas perspectivas, foi uma grande vitória – comemorou Erlon.

    Na mesma semana, a Coordenação também promoveu um encontro entre as unidades de internação e semiliberdade da região com o Colégio Estadual Irmã Terezinha – que funciona no Cense Volta Redonda – e a Fundação CSN, que abriu as portas do seu Centro Cultural para apresentar o leque de atividades e eventos que acontecerão ao longo de todo esse semestre e terão a participação dos adolescentes atendidos pelo Novo Degase.

    Entre os projetos previstos para os próximos meses estão as Oficinas de Grafite e de Leitura e Literatura, por meio dessa parceria visa valorizar expressões artísticas e culturais dos próprios meninos e disponibilizar uma variedade de livros, gibis, revistas que ganharão espaço nos corredores e alojamentos do Cense Volta Redonda.

    Os adolescentes vêm aderindo à proposta e deixando a sua marca na construção desse novo ambiente na unidade, pintando prateleiras feitas de caixotes, usando cores vivas e alegres, que irão acomodar o futuro acervo literário que chegará ao Cense.

    O projeto elaborado pelo diretor adjunto da unidade, Igor Moraes, tem o apoio do Instituto Dagaz de Volta Redonda, e receberá em breve uma volumosa doação para o acervo.

    - Precisamos fazer da leitura e dos livros uma ferramenta permanente e presente na socioeducação de nossos adolescentes – pontuou Igor.

     – Esse encontro foi um grande sucesso em estabelecer e reafirmar perspectivas de maior integração com a Fundação CSN e alinhamento com o Colégio Estadual Irmã Terezinha – completou o coordenador regional do Sul Fluminense, Adriano Guedes. 

    Voltar

  • Revista AÚ
Tecnologia: PRODERJ - Todos os direitos reservados