Novo Degase

Notícias

  • Degase premia instituições e pessoas que contribuíram no resgate de adolescentes em conflito com a lei

    26/05/2017

    Por Ascom Seeduc

     

    O Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seeduc) e do Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase), entregou o II Prêmio Oscar Socioeducativo “Guri” a instituições e pessoas que contribuíram para o resgate de jovens em conflito com a lei dentro do Sistema Degase. A cerimônia aconteceu nesta quinta-feira, dia 25, no Museu do Amanhã, localizado na Praça Mauá, Centro.


    – Esse prêmio reconhece a atuação de pessoas que desenvolveram seu trabalho além de suas atividades profissionais, doando seu tempo e amor e, além disso, quebraram o preconceito para dar oportunidades a esses adolescentes – destacou o secretário de Estado de Educação, Wagner Victer.


    Os premiados receberam uma estatueta de cerâmica negra confeccionada pelas “Mães da Favela da Maré”. O diretor do Degase, Alexandre Azevedo de Jesus, destacou a importância da premiação.


    – Lembro de ter escutado a frase “eu vejo você” em um filme e não esqueci. E sempre penso que o que você faz para o seu filho deve fazer para seu igual. É essencial “ver” esses jovens. Portanto, vocês, que ganharam os prêmios, são importantes para nós, que representamos o poder público, e imprescindíveis aos adolescentes – finalizou o diretor.

     

    CONFIRA OS PREMIADOS 

     

    INSTITUIÇÕES


    1) Organização das Nações Unidas (ONU)
    2) Museu do Amanhã
    3) Escolinha de Basquete do Flamengo
    4) Convenção Batista Carioca


    PESSOAS


    1) André Trigueiro (Jornalista)
    2) Danilo Vieira (Jornalista)
    3) Carla Pereira (Associação de Mulheres da Ilha do Governador – Amuig)
    4) Cesar Bernardo (FAETEC)
    5) Daniella Sholl (Jornalista Alerj)
    6) Flávio Canto (Judoca – Presidente do Instituto Reação)
    7) Gabriel de Faro (Atados – Plataforma Social para Voluntários)
    8) Ivo Gastaldoni (Executivo da Nacional Gás)
    9) Janaína Vaz Candela Pagan (Promotora de Justiça de Tutela Coletiva da Infância e da Juventude Infracional do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro)
    10) Karolina Mendez (Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude)
    11) Leandro Cruz Fróes da Silva (Secretário Nacional de Esporte do Ministério dos Esportes)
    12) Lucia Glioche (Juíza Titular da Vara de Execuções de Medidas Socioeducativas da Comarca da Capital)
    13) Luiz Inácio Araripe Marinho (Defensor Público da Coordenadoria de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente)
    14) Marcelo Trevizani (Executivo da ArcelorMittal)
    15) Marcus Vinícius Bittencourt (CEDAE)
    16) Maria Lucia Jardim (Presidente do RioSolidario)
    17) Pedro Rego Monteiro (Instituto Faz Esporte)
    18) Ramon de Farias Santos (Auditor do Ministério do Trabalho)
    19) Raquel S. Pereira Chrispino (Juíza do Tribunal de Justiça e Coordenadora das Varas de Infância e Juventude no Estado do Rio de Janeiro)
    20) Renato Lisboa (Promotor de Justiça e Coordenador do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça da Infância e Juventude do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro)
    21) Rogério Pacheco Alves (Promotor de Justiça da 3ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva de Proteção à Educação da Capital)
    22) Rogério Santos (Auditor do Ministério do Trabalho)
    23) Toz (Artista e grafiteiro) 

    Voltar

  • Revista AÚ
Tecnologia: PRODERJ - Todos os direitos reservados