Novo Degase

Notícias

  • Jovem da EJLA alcança nota mínima para certificação no Enem

    08/02/2017

    Por Ascom 

    Um adolescente da Escola João Luiz Alves (EJLA), unidade de internação masculina do Degase na Ilha do Governador, obteve nota mínima em todas as provas do Enem – Exame Nacional do Ensino Médio – deste ano. Apesar do jovem ter conseguido bom resultado nas provas de Redação, Ciências da Natureza, Ciências Humanas, Linguagens e Matemática, a princípio, não poderá disputar as vagas no Sisu – Sistema de Seleção Unificada – pois não preenche o pré-requisito da idade mínima (18 anos). 

    A diretora da Divisão de Pedagogia (Diped) do Degase, Kátia Barghigiani, explica que não foi somente o interno do Colégio Estadual Candeia, que funciona dentro da EJLA, que fez boa prova. 

    - Tivemos adolescentes que chegaram muito perto da nota mínima e, por detalhes, não conseguiram. Já consideramos isso muito bom, tendo em vista que a maioria não está nem cursando o terceiro ano do ensino médio – ressalta Kátia, lembrando de um adolescente, interno do CAI Belford Roxo e matriculado no Colégio Estadual Jornalista Barbosa Lima Sobrinho, que obteve notas boas em todas as matérias, mas em apenas uma não obteve a nota mínima por décimos. 

    Para a pedagoga Roberta Ramalho, a autoestima elevada ajuda os adolescentes a realizarem bons exames e tirarem boas notas. 

    - Os que se sentem confiantes, fazem as provas e acabam tendo notas boas. Os outros que acham que não estão preparados, acabam não fazendo e, portanto, não conseguem – diz Roberta. 

    Voltar

  • Revista AÚ
Tecnologia: PRODERJ - Todos os direitos reservados