Novo Degase

Notícias

  • Adolescentes do Criaad Penha visitam Centro Cultural Banco do Brasil

    02/09/2016

    Por Ascom Degase

    No início da tarde da última quinta-feira (01/09), um grupo de adolescentes que cumprem medida socioeducativa de semiliberdade no Centro de Recursos Integrados de Atendimento ao Adolescente (Criaad) da Penha, realizaram uma visita ao Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB). 
     

    Organizado pela pedagoga da equipe técnica do Criaad, Dalva Souza, com o apoio da direção da unidade e da equipe educativa do CCBB, o passeio trouxe aos jovens a possibilidade de conhecer e se apropriar de um espaço público até então desconhecido por eles.  

    - Ao tirar um pouco os adolescentes do cotidiano ao qual estão acostumados, começamos a mostrá-los que a vida pode ter outro sentido. Eles passam a sonhar e desejar o novo, fazem novas escolhas, criam novos interesses e nos mostram o potencial criativo enorme e muitas vezes adormecido que eles têm - aponta Dalva.  

    A iniciativa surgiu do desejo de complementar com um estímulo visual e social, as rodas de conversas que já vêm sendo realizadas na unidade. O diretor do Criaad Penha, Raul Almeida, também esteve presente para reforçar a importância de atividades como essa e estimular os adolescentes a dar mais esse passo em direção à concretização da socioeducação.   

    Na ocasião, os meninos puderam conhecer o Centro Cultural e participar de uma visita guiada pela exposição "O triunfo da cor", com pinturas do final do século XIX, de artistas como Manet, Van Gogh, entre outros. Observando as pinturas e ouvindo sobre o contexto histórico, os pintores, as técnicas de pintura utilizadas e estimulados a fazer uma interpretação das telas, o grupo se mostrou interessado e participou ativamente durante toda a visita, pontuando suas observações sobre os quadros e fazendo perguntas à educadora do CCBB que os acompanhava.  

    Pegando carona no evento e unindo o interesse demonstrado pelo grupo, surgiu, na oportunidade, o tema da próxima roda de conversa com os adolescentes: a cor em liberdade. A ideia é dialogar com eles sobre as questões relacionadas à construção da sua liberdade: planos, sonhos, metas, escolhas, consequências e seus desdobramentos.  

    Além da exposição, os meninos também conheceram o cinema e a videoteca do espaço, sendo convidados pela equipe do Centro Cultural a retornarem posteriormente, para assistirem a um filme da escolha deles. Até o próximo mês está previsto que esse retorno aconteça. Os professores do curso de Produção Audiovisual e Cineclubismo, do projeto Casa Futuro Agora (RioSolidário), também estiveram presentes durante a visita, reforçando o apoio aos jovens no caminho de interesse pela cultura e arte.  

    Voltar

  • Revista AÚ
Tecnologia: PRODERJ - Todos os direitos reservados