Novo Degase

Notícias

  • Novo Degase promove III Seminário para Operadores do Sistema Socioeducativo

    28/09/2015

    O Novo Degase, por meio da Escola de Gestão Socieducativa Paulo Freire e em parceria com as secretarias de Direitos Humanos da Presidência da República e de Assistência Social e Direitos Humanos do Estado do Rio de Janeiro, promoveu, nesta quarta-feira (23/09), o III Seminário de Operadores do Sistema Socioeducativo do Rio de Janeiro. O curso de formação continuada teve como objetivo apresentar produções teóricas e práticas da ação socioeducativa.  O encontro foi realizado no auditório João Paulo II, na Escola João Luiz Alves, unidade de internação na Ilha do Governador. 

    Com a presença do diretor geral do Novo Degase, Alexandre Azevedo, e da representante da SEASDH, Teresa Consentino, o encontro também marcou o encerramento do ciclo de formação, iniciado em 2012, com a apresentação de várias ações de destaque criadas desde essa data.

    Houve o lançamento dos livros “Ações Socioeducativas Formação e Saberes Profissionais”, organizado por Janaína Abdala, Saturnina Pereira da Silva e Bianca Veloso, e “A Política Socioeducativa e o Degase no Rio de Janeiro: transição de paradigma?”, de Elis Regina Lopes. As autoras formaram a primeira mesa redonda do Seminário.

    O tema da segunda mesa foi o “Marco Legal e Sistema Socioeducativo”, formada pela advogada e socióloga criminal Roberta Pedrinha, que dissertou sobre a redução da maioridade penal; pela assistente social Carla Barbosa; pelo agente socioducativo, Evandro Gomes. Na mediação,  a assistente social Neidy Souza e Silva.

    Na parte da tarde, houve uma mesa, sob o tema “Famílias e Adolescentes – Sob Diversos Olhares”, formada pela psicóloga Sharon Varjão;  pela doutora Rita de Freitas; pela professora Aparecida da Silva e pelamediadora Eliza Lopes.

    No final da programação, profissionais de diversas áreas abordaram o tema “Saberes profissionais e Ação Socioeducativa”. Participaram a coordenadora de Saúde Integral e Reinserção Social do Novo Degase, Christiane Zeitoune; a diretora da ESGSE Paulo Freire, Janaína Abdala; a assistente social, Fernanda Soares; e a psicopedagoga, Tatiana Carvalho.

    Janaína Abdala lembrou o projeto de Lei que cria a profissão de Educador Social e pediu uma reflexão sobre os desafios que os operadores do sistema socioeducativo e os servidores do departamento têm pela frente.

    - Temos muitos e já conseguimos alcançar alguns, mas o maior deles seria a formação do socioeducador.

    Durante o Seminário, houve também exposição de pôsteres sobre as temáticas da socioeducação.

     

    Voltar

  • Revista AÚ
Tecnologia: PRODERJ - Todos os direitos reservados