Novo Degase

Notícias

  • Oficina Lego ganha prêmio no Theatro Municipal

    28/11/2014

    Por Ascom

    O final do ano se aproxima e um dos balanços mais positivos do Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Novo Degase) é o engajamento dos jovens em cumprimento de medidas e servidores no campo da Educação. Um dos resultados da ação do Degase no crescimento dos adolescentes sob sua responsabilidade é o reconhecimento pela sociedade dos benefícios da oficina de Lego, realizada pela Professora Sandra Caldas no Centro de Socioecudação Professor Antonio Carlos Gomes da Costa (Cense-PACGC), unidade de internação feminina.

    No último dia 17, a oficina foi coroada com o Prêmio Juíza Patrícia Acioli de Direitos Humanos, na categoria Práticas Humanísticas, cujo tema deste ano foi ‘Educação e Direitos Humanos – a pessoa em primeiro lugar’. Concorrendo com trabalhos de todo o país, a professora alcançou a terceira colocação.

    Sandra recebeu o prêmio das mãos da autora Glória Peres, no palco do Theatro Municipal do Rio de Janeiro. A cerimônia, apresentada pelo ator Mateus Solano e pela bailarina Ana Botafogo, contou com a presença da apresentadora Xuxa Meneghel, o dançarino Carlinhos de Jesus, a bateria da Escola de Samba Estação Primeira de Mangueira e com apresentações das orquestras Sinfônica de São Gonçalo e Jovem Paquetá.

    Desde 2008, a professora ministra aulas de robótica, montagem de maquetes e produção de filmes de animação para meninas que cumprem medidas socioeducativas a partir de peças de Lego. Segundo Sandra, quando essas meninas se veem capazes de realizar tais atividades mudam seus paradigmas e realmente acreditam serem capazes de mudar o rumo de suas vidas através da educação.

    Já para o diretor do Novo Degase, Alexandre Azevedo, que prestigiou a premiação da servidora no Theatro Municipal, este reconhecimento estimula outros funcionários e o próprio Departamento a se mobilizarem ainda mais para proporcionar um desenvolvimento cada vez melhor e mais completo para os jovens que cumprem medidas no estado. Também mostra que é possível a socioeducação destes adolescentes.

    Jovens demonstram seus trabalhos em Feira de Ciências

    O trabalho realizado pelas jovens na oficina Lego também foi finalista da VIII Feira de Ciências, Tecnologia e Inovação do Estado do Rio de Janeiro (FECTI). Nos dias 15 e 16 de novembro, três adolescentes passaram o dia na Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão, junto com demais alunos de escolas de todo o estado, apresentando seus trabalhos. O tema desenvolvido no Degase foi: ‘Robôs como ferramenta pedagógica’.

    Inscritas pelo Colégio Estadual Luiza Mahin, as jovens estudantes tiveram orientação de Sandra Caldas e a coorientação da professora Ana Paula Vieira Barge. Estiveram presentes também durante o final de semana os diretores do PACGC Marizélia Barbosa e Jorge de Oliveira e os diretores do Colégio, Paulo Bento e Daniele Farias.

    A FECTI é a maior feira de ciências do Estado do Rio de Janeiro, aberta à participação de estudantes dos ensinos Fundamental II, Médio e Técnico, das redes pública e privada de ensino, que têm a oportunidade de apresentar o resultado dos projetos de pesquisa desenvolvidos em escolas localizadas no nosso estado.Descrição: https://ssl.gstatic.com/ui/v1/icons/mail/images/cleardot.gif

    Se você ainda não conhece o Projeto Lego, veja esta matéria realizada pelo Canal Multi Rio - Empresa Municipal de Multimeios, vinculada à Secretaria Municipal de Educação da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, veiculada em outubro e disponível também no site do canal. A oficina foi tema de um episódio do programa Coletivamente, cujo objetivo é mostrar projetos desenvolvidos por escolas e instituições da sociedade civil que estimulam a cidadania e promovem transformações. 

    Veja o vídeo em:

    http://www.multirio.rj.gov.br/index.php?option=com_mr_videos&layout=default&vid=1253&arquivo=MED1253.wmv&Itemid=414


    Voltar

  • Revista AÚ
Tecnologia: PRODERJ - Todos os direitos reservados