Novo Degase

Notícias

  • Novo Degase esclarece dúvidas sobre o processo seletivo interno para diretor-adjunto

    04/06/2014

    No dia 2 de Junho, o Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Novo Degase) publicou o Edital do processo seletivo interno para o cargo de diretor-adjunto de Ações Socioeducativas. Com o objetivo de esclarecer as dúvidas que surgiram após a publicação, criamos um instrumento chamado roteiro de perguntas e respostas sobre o Edital 01/2014. Também foram elaborados dois meios de comunicação entre os candidatos e a equipe responsável pela elaboração do documento.

    O primeiro será por meio do endereço eletrônico duvidasprocessoseletivo@degase.rj.gov.br e o segundo será um encontro que acontecerá no auditório da Escola de Gestão Socioeducativa Paulo Freire, no dia 13 de Junho, às 10h. Todos os servidores poderão participar do encontro.

    Segue, abaixo, o roteiro de perguntas e respostas sobre o Edital 01/2014 que dispõe sobre o Processo Seletivo Interno com vistas ao provimento do cargo em comissão de diretor-adjunto para Ações Socioeducativas, com lotação no âmbito do Departamento Geral de Ações Socioeducativas – Novo Degase.

    1)  Novos servidores podem participar do Processo Seletivo Interno para o cargo de diretor-adjunto de Ações Socioeducativas?

    Sim, desde que atenda as exigências do item 3.1 do edital, ou seja, ter formação de nível superior compatível com a natureza da função comprove experiência no trabalho com adolescente de, no mínimo, 02 (dois) anos (que pode ser experiência anterior ao Degase) e tenha reputação ilibada. Além disso, não pode estar respondendo nem ter sido apenado em inquérito administrativo anterior à data da inscrição para o cargo. Ser servidor estatutário em exercício no Novo Degase e não possuir readaptação que impeça o exercício das atribuições do cargo, assim como o cumprimento da carga horária exigida.

    2)  O Quadro II do item 5.2 do edital apresenta critérios para a ocupação do cargo?

    Não. Este quadro apresenta os critérios para pontuação de experiências profissionais do candidato e está inserido da 2ª etapa do processo seletivo que trata da análise de currículo.

    3)  Porque foi atribuída maior pontuação para os cargos técnicos e de gestão no quadro de critérios para pontuação de experiências profissionais?

    O trabalho do Gestor Adjunto para Ações Socioeducativas deve obedecer necessariamente às atribuições do cargo, sendo valoradas na análise de currículo experiências profissionais de acordo com as ações que serão exercidas pelo candidato após o processo seletivo, buscando atender o perfil profissional desejado. Sendo que a análise de experiência profissional é somente uma das 5 fases do processo seletivo interno.

    4)  Qual o prazo de validade do concurso?

    O prazo de validade do concurso consta no item 8.4 do edital, ou seja, de 01 (um) ano, prorrogável a critério da Direção-Geral por mais 01 (um) ano, contado a partir da data da publicação do resultado final no Diário Oficial.

    5) O candidato terá que acertar 50% de todas as matérias requeridas ou do total da prova?

    Para ser considerado aprovado na Etapa I – Prova Objetiva o candidato deverá obter o mínimo de 50% de acertos no total da prova e não obter nota zero em qualquer dos objetos de avaliação da prova, isto é, em Conhecimento de Língua Portuguesa, Legislação Nacional, Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo, Documentos Institucionais, Atendimento Socioeducativo e Direitos Humanos.

    6)  O candidato poderá errar todas as questões de um objeto de avaliação e ainda assim ser aprovado?

    Caso o candidato obtenha nota zero em algum dos objetos de avaliação, o mesmo será considero eliminado do processo seletivo interno.

    7)  Os candidatos considerados aptos na etapa III, mas que ficarem acima do número de vagas, poderão ser aproveitados no futuro?

    Não, pois apenas serão considerados aptos os candidatos que forem aprovados em todas as etapas.

    8)  Quanto tempo durará o curso de formação?

    Conforme o item 5.6.4 do edital, as condições para realização do curso de formação serão estabelecidas e divulgadas no site do Novo Degase.

    9) Todos os candidatos que concluírem o curso de formação serão imediatamente aproveitados e nomeados?

    De acordo com o item 8.3 do Edital os candidatos classificados dentro do número de vagas serão convocados para o início do processo de nomeação a critério da Direção Geral do Novo Degase, sendo os demais habilitados a compor um cadastro de reserva.

    10) Todos os candidatos que terminarem o curso de formação e que forem aprovados terão o direito de receber a gratificação de R$ 1.300,00 automaticamente ou apenas quando forem nomeados para as respectivas unidades?

    O recebimento da gratificação está relacionado à nomeação ao cargo a que se propõe.

    11)  Haverá alguma prova discursiva?

    Não. A prova a qual se refere a Etapa I do Processo Seletivo será composta de 50 (cinquenta) questões de múltipla escolha, não sendo previstas questões discursivas.

    12)  A habilitação para Diretor-Adjunto será imprescindível para uma futura nomeação ao cargo de Diretor?

    Esta orientação não está prevista no Edital, a assunção do cargo de Diretor de Unidade não é objeto do mesmo.

    Serviço:

    Edital:

    http://www.degase.rj.gov.br/recrutamento_selecao.asp

    Dúvidas Acerca do Processo Seletivo Interno:

    duvidasprocessoseletivo@degase.rj.gov.br

    Encontro para esclarecimentos quanto ao Edital Processo Seletivo Interno para o Cargo de Diretor Adjunto de Ações Socioeducativas:

    Local: Escola de Gestão Socioeducativa Paulo Freire

    Data:   13/06/2014

    Hrs:     10 hrs

    Voltar

  • Revista AÚ
Tecnologia: PRODERJ - Todos os direitos reservados