Novo Degase

Notícias

  • I Seminário da Divisão de Pedagogia do Novo Degase é realizado na Uerj

    23/05/2014

    Por Ascom

    No dia nacional do pedagogo (20/05), a Divisão de Pedagogia (Diped) do Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Novo Degase) realizou seu primeiro seminário sobre o tema “Uma visão contemporânea de educação no contexto socioeducativo – experiências e desafios”, com o objetivo de promover a formação continuada dos socioeducadores e dialogar sobre as peculiaridades da pedagogia na área da socioeducação.

    Ao longo do dia, um dos auditórios da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) permaneceu lotado durante as sete palestras que deram corpo ao seminário, e, paralelamente, no pátio externo, se manteve aberto um espaço de exposição de trabalhos realizados pelos adolescentes em oficinas, intervenções e eventos coordenados pela Diped, pelo Centro de Capacitação Profissional (Cecap) e pela Divisão de Cultura, Esporte e Lazer (Dicel).

    Uma apresentação musical abriu o evento, com adolescentes da unidade de internação e internação provisória Escola João Luiz Alves, que participam da oficina de percussão do grupo BatucArte, seguido da mesa de abertura composta por Alexandre Azevedo, diretor geral do Novo Degase; George Fox, diretor do Centro de Educação, Cultura, Esporte e Lazer (Cecel); Katia Barghigiani, diretora da Diped; e Cláudio Augusto Vieira da Silva, representante da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República e coordenador do Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo (Sinase).

    O diretor geral do Novo Degase, Alexandre Azevedo, elogiou a organização do evento e deu as boas vindas aos participantes.

    – Agradeço a vocês, da Diped, pela iniciativa de realizar esse seminário e, principalmente, por se posicionarem diante de um tema tão difícil quanto esse: educar e construir um ser humano livre quando ele está privado de sua liberdade - parabenizou o diretor.

    O coordenador do Sinase deu início ao ciclo de palestras com um diálogo sobre o Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo e, na ocasião, enfatizou a necessidade da formação permanente do pedagogo para exercer bem sua função.

    – Não adianta termos no Degase qualquer pedagogo, mas sim um pedagogo que queira trabalhar com a socioeducação, que queira se especializar nisso. Ele precisa escolher estar aqui - sinalizou Cláudio.

    Na sequência, o professor adjunto em Educação de Jovens e Adultos do Instituto de Educação de Angra dos Reis e do Programa de pós-graduação em educação da Universidade Federal Fluminense, Elionaldo Julião, palestrou sobre a Política de Educação no Sistema Socioeducativo e, após intervalo para o almoço, foi a vez do jornalista e coordenador da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização, Diversidade e Inclusão (SECADI), Fábio Meirelles; e da professora e doutora Malvina Tuttman, membro do Conselho Nacional de Educação (CNE) e do Conselho Estadual da Câmara da Educação Básica, que falaram sobre Educação na Socioeducação, Conselho Nacional de Educação e Diretrizes para a Socioeducação.

    O evento foi encerrado com as palestras sobre experiências e desafios no Centro de Capacitação Profissional e na Divisão de Cultura, Esporte e Lazer do Novo Degase; respectivamente realizadas por Rosane Braga, diretora do Cecap e Alexander Martins, diretor da Dicel.  Rosane ressaltou a importância de investir na educação dos adolescentes em conflito com a lei, pois qualquer perspectiva de futuro profissional exige o mínimo de escolarização e esse é o único pré-requisito para participar das oficinas de capacitação.

    -Precisamos conhecer esse jovem, fazer um diagnóstico dos interesses dele, ouvi-lo, descobrir o que ele realmente quer para, assim, poder investir nele. É o único jeito do adolescente ter motivação para sustentar sua escolha e seguir em frente - finalizou a diretora.

    Voltar

  • Revista AÚ
Tecnologia: PRODERJ - Todos os direitos reservados