Novo Degase

Notícias

  • Jovens do ESE participam de oficina de Produção Textual

    13/05/2014

    Por Ascom


    Adolescentes em conflito com a lei da unidade de internação Educandário Santo Expedito (ESE), em Bangu, estão participando, desde janeiro, de uma oficina de Produção Textual. A iniciativa, que conta com a  parceria do Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Novo Degase), é  do escritor e produtor cultural, George Cleber da Silva, conhecido como Binho Cultura, que também é organizador da Festa Literária da Zona Oeste (Flizo). Durante as aulas, que acontecem todas as sextas-feiras, os jovens têm a oportunidade de ler e escrever poemas, além de debater assuntos importantes.


    De acordo com Binho, o objetivo da ação é identificar nos espaços educacionais pessoas que gostariam de escrever, mas têm dificuldades em desenvolver a prática da escrita, tanto por falta de conhecimento das técnicas como por falta de interesse.


    - Nossa ideia é incentivar a leitura e a escrita respeitando as preferências musicais e culturais dos jovens. Dentro dessa perspectiva, eu trabalho a produção de textos de acordo com o nível escolar deles, debatendo assuntos do dia a dia. -, explicou o escritor.


    Ainda segundo Binho Cultura, que também realiza o projeto em outras unidades escolares, a oficina já mostrou alguns resultados.


    - Tivemos uma excelente resposta dos adolescentes quando levamos três deles ao Corcovado, para participar das comemorações do Dia Nacional da Poesia. Outro resultado positivo é saber que a oficina auxiliou quatro adolescentes a conseguirem a progressão de medida (passaram da medida socioeducativa de internação para a semiliberdade) –, completou Binho.


    Para o diretor da Divisão de Cultura Esporte e Lazer (Dicel) do Novo Degase, Alexander Martins, ações como esta são de grande importância para a ressocialização dos adolescentes.


    - Tanto eu quanto o Binho acreditamos na cultura como uma ferramenta fundamental para a ressocialização dos adolescentes em conflito com a lei. Foi uma grande conquista para o departamento conseguir a parceria com o Binho e poder oferecer, por meio da oficina, uma oportunidade para que esses jovens tenham uma perspectiva de vida melhor -, disse Alexander Martins.  

    Voltar

  • Revista AÚ
Tecnologia: PRODERJ - Todos os direitos reservados