Novo Degase

Notícias

  • Novo Degase promove palestras em comemoração ao dia da Mulher

    14/03/2014

    Em comemoração ao dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher, o Núcleo de Promoção a Saúde no Trabalho (Nupst) do Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Novo Degase), promoveu, na última segunda-feira (10/03), um dia de palestras especialmente voltadas para o público feminino. O encontro aconteceu na Escola de Gestão Socioeducativa Paulo Freire, na Ilha do Governador, e contou com a presença de servidoras do órgão.


    Iniciando o bate-papo, Lusanir de Souza Carvalho, psicóloga e professora da Universidade Estácio de Sá, falou sobre o impacto da violência sexual no corpo da mulher.  A profissional, que há 12 anos atende vítimas desse tipo de violência, relatou um pouco sobre a realidade que vivencia.


    - Essa situação é muito perversa. Essas mulheres têm sentimentos de culpa, vergonha e medo e, por conta disso, é preciso trabalhar na proteção e recuperação delas – afirmou Lusanir. 


    Em seguida, o público ouviu uma palestra sobre a questão do gênero feminino com Márcia Brasil, assistente social do Hospital Universitário Pedro Ernesto.


    - Situações simples do dia a dia, como limitar a cor da roupa que uma criança pode ou não usar, ou do que ela pode ou não brincar, é reafirmar, mesmo sem perceber, papéis que a sociedade impõe a cada grupo de pessoas e que muitas mulheres tanto criticam hoje em dia – disse a assistente social.


    Ainda segundo ela, essas construções são sociais, mas podem ser mudadas.


    - Desde cedo as meninas são ensinadas a cuidar da casa, das bonecas. Já os garotos são praticamente proibidos de brincar de casinha. Como então, cobrar que se tornem homens que se importem com o lar, a família e os filhos? A forma como educamos nossos filhos reflete a sociedade que teremos no futuro – completou. 


    Na parte da tarde, as servidoras ainda discutiram sobre a saúde física, sexual e mental da mulher, com Jussara Novaes, ginecologista do Hospital Cardoso Fontes e Denise Carelli, psiquiatra do Centro de Socioeducação Gelso de Carvalho Amaral (Cense-GCA).  As médicas mostraram ao público a importância da autoestima, dos cuidados com o próprios corpo e de manter, através de hábitos simples, uma vida saudável, com boa alimentação e exercícios físicos. 


    Para Rafaela Ribeiro, estagiária de Pedagogia da Escola Paulo Freire, esta foi uma ótima iniciativa.


    - Este não foi um dia das mulheres só para lembrar, mas também para refletir. Gostei muito de tudo o que foi falado aqui. Este foi um momento muito proveitoso para tirar dúvidas, saber coisas importantes para nós mulheres e discutir sobre temas tão relevantes – concluiu Rafaela.

    Voltar

  • Revista AÚ
Tecnologia: PRODERJ - Todos os direitos reservados